Publicidade

Eficácia do fósforo em plantas e disponibilidade no solo

Eficácia do fósforo em plantas

Eficácia do fósforo em plantas. A princípio, no Brasil, os problemas com deficiência de fósforo são muito comuns devido às características do solo brasileiro.

Publicidade

Dessa forma, como resultado, suas limitações criam uma perda de rendimento devido à importância deste elemento para as plantas.

É importante conhecer as funções que esse macronutriente apresenta dentro da planta para entender os bons distúrbios apresentados na produção.

Eficácia do fósforo em plantas

Nesse sentido, ofósforo (P) é um componente importante, juntamente com o nitrogênio e o potássio para as plantas, uma vez que sua falta interfere diretamente no desenvolvimento e crescimento das plantas.

Publicidade

Embora deva ser usado em pequenas quantidades e de 1,0 a 10 g/kg em plantas, sua eficácia se torna indispensável.

Ainda assim, este elemento é um componente da ATP (trifosfato de adenosina), AMP (monofosfato de adenosina), ADP (adenosina difosfato) e NADP (nicotinamida adenina dinucleotídeo fosfato), que estão ligados à produção de energia, fotossíntese, divisão celular e transporte de fusão.

Publicidade

É também um componente do DNA e RNA da planta, cujo objetivo é transportar genes para a próxima geração.

Dessa forma, eles são importantes na formação de sementes, uma vez que fazem parte da formação do sistema radicular inicial.

Além disso, nas plantas eles também causam resistência a certos patógenos que causam doenças. Dessa forma, como por exemplo é o caso da queima de raízes ou podridão causada por Phytophthora spp. 

Disponibilidade de fósforo no solo

O fósforo nos solos brasileiros está presente principalmente na forma P- não lábil devido ao intemperismo que sofre devido às condições climáticas tropicais.

O P se tem absorvido na maioria dos solos pelo óxido de ferro (Fe) e alumínio (Al), que tem-se abundantes em volume e por partículas de argila. 

Portanto, com maior proporção de teor de solo e maiores concentrações de óxido no solo, maior a preservação de P em minerais.

Outro fator que interfere na disponibilidade de fósforo é a interação com certos nutrientes, como o molibdênio e o magnésio. O uso de corretivos de solo, como o cathe, além de reduzir o Al no solo, fornece magnésio, o que aumenta a disponibilidade de P.

Portanto, pode-se notar que o pH do solo afeta a disponibilidade de fósforo: quanto menor a acidez do solo, maior sua disponibilidade. Mas em solos muito alcalinos com um pH elevado, o fósforo aparece na forma de HPO42- e o padrão de absorção dominante das plantas é H2PO4-.

DEIXE SUA AVALIÇÃO

 Fala pessoal, espero que vocês estejam todos bem. Meu nome é Marlus, escrevo para o Blog desde 2018, sou apaixonado pelo setor agrícola. Estou sempre trazendo as melhores dicas sobre plantações para você manter sua roça linda.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *