Publicidade

Diferentes tipos de abóbora e para que cada uma serve

Diferentes tipos de abóbora

Diferentes tipos de abóbora. A princípio, no Brasil, existem muitas variedades e variedades de abóboras cultivadas.

Diferentes tipos de abóbora

Publicidade

Em seguida, vamos falar sobre os mais comuns.

Moranga

Morangas (Cucurbita maxima) estão caracterizadas por frutos planos e redondos com gomas muito salientes. É consumido como um adulto, e a polpa tem um sabor doce.

Logo após a colheita, a fruta pode ser armazenada por cerca de três meses, especialmente em um ambiente frio, escuro e seco. É indicado para o preparo de confeitaria e ainda é utilizado em pratos salgados.

Publicidade

Paulista

A abóbora paulista (Cucurbita moschata), de forma alongada, difere de tamanho e a cor da casca verde rachada é verde. Quando amadurece, o verde claro dá lugar a uma tonalidade amarelada.

Com polpa mais apertada, se tem amplamente utilizado em refogados, sopas e doces.

Abóbora japonesa

Publicidade

Também conhecida como cabotiá, esse tipo de abóbora na lista dos híbridos, que se tem resultado do cruzamento entre as espécies Cucurbita maxima e Cucurbita moschata.

É uma variedade de abóboras que se tem amplamente utilizadas na preparação de caldos, sopas e purês. Pode ser refogado ou simplesmente assado no forno, cortado em pedaços e perfeito no tempero.

Nesse sentido, se tem muito nutritivo, tem um sabor doce, casca verde escura, muito grossa e polpa amarelo-alaranjada.

Abóbora de pescoço

A abóbora do pescoço também pertence à espécie Cucurbita moschata e impressiona pelo seu tamanho e peso, que podem atingir até 80 cm e mais de 10 kg, respectivamente. Dessa forma, também se tem conhecida como a “Abóbora de Canhão”.

Dessa forma, tem uma cor laranja ou verde e polpa de fibra que libera muita água quando cozida. Se tem amplamente utilizado na forma de confeitaria, em geleia ou cristalizado.

Nesse sentido, no Nordeste, é muito comum que ensopados de carne bovina tragam pedaços dessa variedade, que se tem usados em sopas, purês e saladas.

Por fim, sua fibra é ideal para fazer geleia com especiarias e coco, e ao mesmo tempo fica ótima em preparações salgadas, como quibe em pão e tortas. Veja em seguida outros posts como este em nosso blog!

DEIXE SUA AVALIÇÃO

  Fala pessoal, espero que vocês estejam todos bem. Meu nome é Marlus, escrevo para o Blog desde 2018, sou apaixonado pelo setor agrícola. Estou sempre trazendo as melhores dicas sobre plantações para você manter sua roça linda.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *