Publicidade

5 maiores pragas da mandioca que você precisa conhecer

5 maiores pragas da mandioca

5 maiores pragas da mandioca. A princípio, o cultivo da mandioca, por ser um ciclo ano a ano, pode ser atacado por pragas diversas vezes

5 maiores pragas da mandioca

Publicidade

Dessa forma, causando graves prejuízos ao seu cultivo e enfraquecendo a produtividade econômica do agronegócio, conheça as 5 maiores pragas da mandioca.

Mosca-branca

Mesmo na idade adulta, esses insetos são muito pequenos e são encontrados na parte superior da planta e nas áreas inferiores das folhas. A mosca branca deixa uma substância açucarada, que permite o surgimento de fungos pretos, prejudicando a fotossíntese da mandioca.

Lagarta Mandarová

Esta mariposa é conhecida por suas asas cinza e marrom-avermelhada com bordas pretas. Suas cópulas ocorrem à noite.

Publicidade

Portanto, recomenda-se o uso de armadilhas de luz em pontos altos para indicar o período do início do surto. Logo após a sua localização no jardim, é importante monitorar o campo, a fim de identificar os ovos e o tamanho das lagartas.

Percevejo-de-renda

A mosca-da-renda ou percevejo-de-renda (Leptopharsa heveae – Hemiptera: Tingidae) tem apenas três milímetros de comprimento, tem asas arredondadas e vive cerca de 23 a 90 dias. Esses insetos são brancos e menores que os adultos, apesar das mesmas condições morfológicas.

Publicidade

Os percevejos de renda vivem em colônias e, na maioria das vezes, estão localizados no solo, na parte inferior das folhas inferior e média. Em ataques mais agressivos, eles podem ocupar a placa de ponteiro (épico), tanto em ninfas quanto em adultos podem causar danos à mandioca.

Esta praga começa seu ataque por folhas baixas até as extremidades da planta. Quanto maior o número e o tamanho, mais eles formam manchas amarelas e, mais tarde, em tons marrom-avermelhados. No fundo da planta, manchas pretas são as fezes deste inseto.

Brocas-da-haste

As fêmeas põem ovos em áreas sensíveis nos caules da mandioca. Nesse ínterim, ao nascer, as larvas se alimentam desenterrando galerias, o que torna impossível mover a seiva, enfraquecendo a planta e morrendo.

Sua identificação se tem facilitada devido à localização do ataque, que ocorre no orifício de entrada.

Cochonilha da parte aérea

Nesse sentido, muitas espécies de cochonilhas são encontradas na África e na América do Sul, no entanto, as que causam mais danos econômicos são Phenacoccus herreni e P. manihoti.

Dessa forma, ambas as espécies têm circuitos semelhantes. Ainda assim, a única diferença é que P. herreni se reproduz sexualmente (com a aparência de machos). Enquanto P. manihoti se reproduz através da partenogênese (as fêmeas formam as fêmeas).

5/5 - (2 {VOTO})

 Fala pessoal, espero que vocês estejam todos bem. Meu nome é Marlus, escrevo para o Blog desde 2018, sou apaixonado pelo setor agrícola. Estou sempre trazendo as melhores dicas sobre plantações para você manter sua roça linda.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *