Publicidade

Fatos interessantes sobre o Figo, clima e solo!

Fatos interessantes sobre o Figo, clima e solo!

Fatos interessantes sobre o Figo. A princípio, dadas as características distintas e características do clima temperado, a figueira (Ficus carica) é uma árvore muito popular na produção de figos, que, embora muitos a considerem frutada, é realmente frutada.

Fatos interessantes sobre o Figo

Publicidade

A figueira é considerada uma das árvores frutíferas mais antigas. Há referências a esta planta na Bíblia e nas obras de escritores gregos e romanos. Os primeiros povos que cultivaram figos foram judeus e árabes no sudeste da Ásia, em uma região semiárida.

No Brasil, a figueira foi introduzida em 1532, na época da primeira expedição colonial de Martin Afonso de Souza.

Atualmente, a raça mais produtiva do Brasil é o roxo de Valinhos, que foi introduzido no início do século 20 no município de Valinhos – SP e possui valor rural, de força, produtividade e bom valor econômico. Existem outras raças como o “Pingo de Mel”, “Nóbile” e “Negro Largo”, mas não apresentam muito interesse comercial.

Publicidade

Hoje, o estado de São Paulo é o maior produtor de figos de mesa, e o status do Rio Grande do Sul se destaca como líder em produção para a indústria.

Clima e solo

Dito isto, a figueira é um fruto com um clima temperado, bem desenvolvido em regiões subtropicais, embora esteja adaptado a diferentes mudanças climáticas. Os bons resultados obtidos com figueiras comerciais no Rio Grande do Sul e Pernambuco demonstram essa fina adaptação.

Publicidade

A temperatura média adequada para o cultivo de figos durante o perído vegetativo é de:

20 a 25 graus Celsius. Quando no período de hibernação (um estado em que a planta funciona sem folhas). A figueira suporta bem baixas temperaturas, no entanto, em locais com temperaturas abaixo de 15 ° C, seu crescimento pode diminuir.

Por fim, figueiras podem suportar temperaturas próximas a 40 °C, ainda precisam de chuvas bem distribuídas ao longo do ano. Temperaturas muito altas podem causar crescimento precoce de plantas. E dessa forma, um aumento na alta umidade relativa do ar, excesso de precipitação ou irrigação pode fornecer condições ideais para o aparecimento e desenvolvimento da doença.

Em relação ao solo, uma vez que suas raízes são superficiais, esta planta precisa de solo bem drenado com uma boa quantidade de matéria orgânica.

5/5 - (1 {VOTO})

  Fala pessoal, espero que vocês estejam todos bem. Meu nome é Marlus, escrevo para o Blog desde 2018, sou apaixonado pelo setor agrícola. Estou sempre trazendo as melhores dicas sobre plantações para você manter sua roça linda.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *