Publicidade

O que é mofo branco e como identificar ele!

O que é mofo branco

O que é mofo branco. A princípio, o mofo branco é uma das principais doenças que atacam grandes culturas, como soja, algodão, nozes, amendoim, girassol e canola, podendo causar danos significativos às lavouras se não forem devidamente combatidos.

O que é mofo branco?

Publicidade

O mofo branco, também conhecido como podridão-de-esclerotinia ou podridão-branca, é uma doença causada pelo fungo Sclerotinia sclerotiorum.

É um fungo conhecido (e temido) em todo o mundo porque é muito agressivo e tem um grande número de hospedeiros. Também é considerado um fungo universal, pois está presente em todas as regiões de produção, seja tropical, subtropical e temperada.

É um inimigo silencioso da agricultura, que age lentamente nas culturas e dessa forma pode ter sérias consequências ao longo dos anos. A disseminação do fungo para novas áreas ocorre principalmente através de sementes contaminadas.

Publicidade

Além disso, é importante dizer que o mofo branco tem a capacidade de sobreviver no solo por muitos anos na forma de escleras (estruturas resistentes). Resista à seca, à chuva, às mudanças de temperatura e aos inimigos naturais.

Mais tarde, quando as condições do solo e a umidade são favoráveis, eles germinam e formam apotécios (estruturas em forma de tigela), que acumulam fungos até entrarem em contato com a planta e causarem doenças.

Como identificar o mofo branco?

Publicidade

Os sintomas da doença causada pelo mofo branco são bastante característicos. Em primeiro lugar, feridas embebidas ocorrem na parte aérea da planta e não são combatidas ou percebidas pelos agricultores. Dessa forma, o micélio branco, semelhante ao algodão, ocorre com essas lesões.

Logo depois de algum tempo, há a formação de escleras, ou seja, uma estrutura que consiste em uma manifestação geralmente arredondada ou alongada de fibras pretas e uma consistência estável que permite que o fungo sobreviva a mais de uma planta.

Portanto, em áreas com histórico de ocorrência, é provável que isso aconteça novamente, como mostrado acima. Portanto, recomenda-se monitorar a área, além do uso ocasional de fungicidas que sejam propícios à sua ocorrência, ou seja, períodos de alta umidade e temperaturas amenas.

Veja mais posts como esse em nosso blog!

DEIXE SUA AVALIÇÃO

  Fala pessoal, espero que vocês estejam todos bem. Meu nome é Marlus, escrevo para o Blog desde 2018, sou apaixonado pelo setor agrícola. Estou sempre trazendo as melhores dicas sobre plantações para você manter sua roça linda.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *