Publicidade

Como cuidar de rosas, preparação do solo e plantio das roseiras

Como cuidar de rosas, preparação do solo e plantio das roseiras

Como cuidar de rosas. A princípio, muitas pessoas preferem ter um jardim com flores em casa e, claro, não perdem as famosas roseiras. Dessa forma, com beleza, perfumes, várias cores e tamanhos, eles encantam e preenchem todo o espaço de convivência.

Publicidade

A rosa, considerada um “símbolo do casal”, é uma das flores mais populares e mais antigas do mundo. Nesse sentido, eles sempre serviram de inspiração para a arte e a literatura de várias maneiras.

Seja apenas para fins de jardinagem doméstica ou dessa forma para fins de marketing, essas plantas sempre exigem cuidados especiais. Por isso, neste artigo vamos apresentar informações para que suas roseiras fiquem sempre lindas. Verifique!

Como cuidar de rosas

A princípio, existem vários tipos de roseiras, mas todas elas exigem os mesmos cuidados: boa exposição ao sol, poda regular e atenção aos ataques de pragas. Verificar:

Publicidade

Preparação do solo e plantio de roseiras

Como qualquer outra planta, o cuidado começa com a preparação do solo em que a roseira será obtida.

Nesse sentido, o solo deve ser remisturado a uma profundidade de 40 cm, e a adubação orgânica deve ser realizada, à base de estrume, farinha de ossos e húmus de minhoca.

Publicidade

É necessário esperar pelo menos uma semana para processar o plantio final de mudas. O período ideal é entre setembro e março, pois nesta época do ano a planta tem maior crescimento devido a temperaturas mais altas e dias mais longos (eficiência da fotossíntese).

Dica: O local deve estar ensolarado (vamos citar todos os detalhes abaixo) e ter boa ventilação, mas sem ventos fortes. Também é importante colocar estacas, o que facilitará o desenvolvimento de roseiras.

Exposição de roseiras à luz solar e temperatura.

A luz solar é uma fonte de energia para as plantas, que é a base do processo de fotossíntese. A intensidade dessa exposição varia de acordo com a espécie. No caso das roseiras, o ideal é que elas adquiram iluminação por um período de até 6 horas por dia. Se for exposição direta, recomenda-se usar entre 4 e 6 horas.

Além disso, da luz solar, outro fator importante para o desenvolvimento de uma boa roseira é a temperatura do ambiente de cultivo, que deve ter uma temperatura média. 17 ºC à noite e 25 ºC durante o dia

Se a temperatura subir, pode afetar o tamanho dos botões, o número de pétalas e a coloração, que será menos grave.

5/5 - (3 {VOTO})

 Fala pessoal, espero que vocês estejam todos bem. Meu nome é Marlus, escrevo para o Blog desde 2018, sou apaixonado pelo setor agrícola. Estou sempre trazendo as melhores dicas sobre plantações para você manter sua roça linda.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *